Primeiro dia na Aldeia do Mangue

por Sofia Hammoe*

O Projeto “Rádios Comunitárias para Todos os Povos” começou com a seleção de assistentes pedagógicas. Dentre as propostas enviadas foram selecionadas as associadas Dóris Macedo do Ilê Mulher de Porto Alegre – RS, Denise Viola associada individual do Rio de janeiro – RJ e, Jaqueline Diester da Agência Informativa Pulsar Brasil.

Depois de reuniões virtuais de planejamento, empreendemos a viagem para os primeiros encontros articulados com duas comunidades do estado do Pará, nas margens do Rio Tapajós. Pegamos a lancha em Santarém e durante sete horas fomos quase levitando sobre as águas, acompanhadas pelo entardecer inspirador.

O primeiro dia foi hoje, na Aldeia Mangue no município de Itaituba, onde fomos recebidas por Rozeninho Munduruku, coordenador da Associação Pahyhyp e produtor local do projeto, e fomos apresentadas ao cacique Tiago.

Mais de vinte pessoas, na sua maioria jovens da própria aldeia e de outras como a de Praia do Índio e Munduruku participaram da jornada onde foram colocadas as características da região. Também refletimos sobre o Direito à Comunicação e o acesso a ele que os cidadãos e cidadãs têm ou não em Itaituba.

A Terra Indígena Munduruku abrange três municípios. Em Itaituba tem a Aldeia Mangue, Praia do índio, Sawré Apompu e São Luiz do Tapajós. Em Trairão tem a Aldeia Dace Awaptu e Sawré Muibu. E no municio de Jacareacanga as aldeias são as de Sai Cinza e Munduruku.

Amanhã continua a oficina que termina no Domingo. Esperamos conhecer mais um pouco das comunidades e da única rádio comunitária que soubemos que há na cidade, a Rádio Alternativa. Também vamos conversar sobre produção de rádio e as possibilidades de produzir entrevistas e programas.

Na segunda nos espera de novo a lancha rumo a Suruacá, descendo o Tapajós. Mas ainda temos algumas histórias, sons e imagens dos e das Mundurukus ao redor de Itaituba.

 

* Sofia é educadora e coordenadora pedagógica do projeto Rádio Comunitária para todos os povos”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *