Convocatória para participação na Rádio Fórum durante FSPA

Convocatória

O projeto Mídia dos Povos, da Associação Mundial de Rádios Comunitárias (AMARC Brasil) convida integrantes de povos tradicionais da Amazônia e coletivos de mídias comunitárias e livres de todo o país a participarem da Rádio Fórum, proposta pelos projetos parceiros Mídia dos Povos e A Nave Vai, a ser realizado durante o Fórum Social Pan-Amazônico (FSPA) entre os dias 28 a 1 de maio de 2017.

O Fórum Social Pan-Amazônico

De 28 de abril a 1 de maio de 2017, terá lugar em Tarapoto, Amazônia peruana, o VIII Fórum Social Pan-amazônico. Esse espaço, gerado a partir do Fórum Social Mundial (FSM), reúne pessoas, povos, comunidades e organizações que estejam em busca de um desenvolvimento realmente sustentável para a Amazônia, onde sejam plenamente garantidos a justiça social e ambiental.

Para a realização deste evento foram realizados diversos pré-fóruns unindo pessoas dos nove países que englobam a floresta amazônica. No Brasil, país que detém 60% da floresta, foram realizados pré-fóruns em Belém, Macapá e Manaus.

Durante o pré-fórum realizado em Tarapoto, no Peru, em outubro de 2016, a coordenação do projeto Mídia dos Povos, da AMARC Brasil, se encontrou com participantes do projeto “ A Nave vai” para iniciar a construção de ações conjuntas, já que ambos projetos fazem parte do portal Pororoca em Rede e são formados por comunicadores populares amazônic@s.

Desse encontro surgiu a ideia da realização de uma rádio Fórum durante o FSPA. A ideia é a construção de um estúdio aberto, no próprio espaço do Fórum, com a transmissão feita em FM e também através de uma rádio web.

História da Rádio Fórum

Até 2010 era uma constante organização de Rádios Fórum durante todos os Fóruns Sociais Mundiais (FSM) e outras reuniões do movimento alter-mundialista, no qual a AMARC Brasil participou ativamente durante alguns anos. Foi um importante espaço de encontro, não só para expandir e multiplicar os diálogos entre diversos atores sociais durante o evento, mas também para reforçar a sua cobertura multilíngue em todo o mundo. Ao mesmo tempo, foi importante para a aprendizagem mútua entre diferentes grupos e coletivos de mídia livre e comunitária. Infelizmente, a cobertura de rádio do Fórum Social Mundial deixou de acontecer ano passado.
No entanto, ainda há um forte movimento global de rádios e meios de comunicação livres e comunitários. Muitos dos contatos e colaborações aumentaram durante as diferentes Rádios Fóruns e permanecem intactos. Até hoje co-produções são feitas e há o desejo de reviver as coberturas compartilhadas. Por isso, as equipes do projeto Mídia dos Povos e o projeto A Nave Vai acreditam que o Fórum Social Pan-amazônico será uma ótima oportunidade para reviver uma produção colaborativa como a Rádio Fórum no contexto amazônico. Nesse evento, por parte dos participantes brasileiros, vamos contar ainda com a parceria da equipe da Agência de Notícias da AMARC, Pulsar Brasil.

Para a construção e atuação nesse projeto, foram pensados diferentes Grupos de Trabalho:

  • Técnico: equipe responsável pela parte técnica da rádio como instalação de antena e equipamentos, retransmissão de sinal e manutenção da rádio web;

  • Reportagens: equipe responsável pela criação de roteiros, entrevistas, locução e edição de reportagens em áudio, tanto no período que antecede o Fórum como durante e também após. Também podem atuar como apresentadores dos programas feitos ao vivo e tradutores;

  • Documentação: equipe responsável por documentar por meio de filmagens, fotografias e entrevistas a realização e construção da Rádio Fórum durante o FSPA com a finalização de um material documental sobre o evento;

  • Produção: equipe responsável pela garantia de infra-estrutura da rádio, construção da grade de programação, ajuda na produção de reportagens e divulgação dos programas. Também deverá estar em contato com pessoas chaves da organização do FSPA e atuar também como tradutores;

  • Produção de narrativas amazônicas: equipe responsável pela produção de conteúdos, desde roteiro, locução e edição em áudio que contem histórias e mitos da região amazônica, contribuindo também na criação de materiais como vinhetas e outros materiais de divulgação no período que antecede o Fórum;

Critérios de Seleção:

Diferente dos demais encontros do projeto Mídia dos Povos, a Rádio Fórum não será exatamente um encontro para a realização de oficinas. Apesar da troca de saberes e aprendizados serem uma constante na dinâmica proposta, a Rádio Fórum propõe-se a ser um projeto de ação direta: a realização de uma rádio durante o Fórum Social Pan-Amazônico (FSPA). Como um dos principais objetivos do projeto Mídia dos Povos é o fortalecimento de uma de Rede pan-amazônica de comunicadores amazônicos, este evento visa promover as principais demandas dos povos e comunidades da Amazônica através de uma comunicação colaborativa e horizontal. Na parceria com os participantes da Nave, que englobam pessoas e grupos da Amazônia peruana e equatoriana, o Mídia dos Povos está responsável por garantir a participação da equipe brasileira no encontro.

Levando em consideração que os encontros anteriores vêm integrando diferentes atores, o projeto acredita que seja interessante dar prioridade a pessoas e/ou representantes de grupos e coletivos que já tenham participado de algum dos encontros promovidos anteriormente. Em respeito ao equilíbrio de gênero se buscará garantir ao menos 50% de mulheres no grupo. Outro critério e a disponibilidade de tempo e data flexível, já que @ candidato deve estar disponível não apenas durante as datas do evento mas dispost@ a colaborar em sua pré e pós produção. Além disso, devido ao longo percurso para se chegar à Tarapoto desde a Amazônia brasileira, é necessário ter ao menos 10 dias disponíveis para a viagem. @s participantes selecionad@s terão transporte, translado, hospedagem e alimentação garantidos.

Para se candidatar é necessário preencher o seguinte formulário: https://goo.gl/forms/mUthcCw7CZ06ouBc2

Período de inscrição: de 6 a 16 de fevereiro de 2017

Divulgação dos resultados: 6 de março de 2017

Contato: midiadospovosamazonia@gmail.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *